O verão é uma das estações mais esperadas do ano, por ser uma época ótima para passeios e viagens. Também é quando os dias são mais quentes e a taxa metabólica é menor, reduzindo o gasto calórico. Isso ocorre porque não precisamos de calor para aquecer o corpo. Para que o organismo funcione melhor e não haja risco de doenças como a obesidade e a hipertensão, a alimentação deve ser mais leve e rica em líquidos.
A nutricionista Zueine Zavareze, parceira da Cauzzo, ressalta que deve ser realizadas, no mínimo, cinco refeições e no máximo sete ao dia, distribuídas em pequenas porções. A dica da nutricionista é que sejam três refeições principais, sendo café, almoço e janta, e entre elas, indica que sejam feitos lanches. “O ideal é consumir frutas, verduras e legumes variados, assim conseguiremos o aporte necessário de vitaminas, fibras e minerais diários”, salienta.
Segundo Zueine, as refeições devem ser leves, refrescantes e o prato dividido em duas partes: uma com saladas, legumes e verduras e o restante com outros alimentos. Outra dica é preferir alimentos integrais ao invés dos refinados, pois além de fornecer mais nutrientes, também dão uma melhor saciedade. Na hora de escolher a carne, prefira as cozidas ou grelhadas, cortes magros e de preferência as brancas como frango e peixe. No momento da sobremesa, prefira salada de frutas, gelatinas e frutas.
Para os lanches, prefira frutas in natura ao invés de sucos. “Quando for possível, consuma as frutas com cascas, pois contém mais fibra e minerais, ajudando o funcionamento do organismo”, pondera Zueine. Evite o excesso de açucares em doces, tortas, biscoitos recheados e glaceados. Além de alimentos industrializados e os com adição de sal. Outra dica da nutricionista é cuidar o excesso de bebidas alcoólicas que contribuem para a desidratação e colaboram para o acúmulo de gorduras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.